Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura | Resultados, nuestro compromiso

  •     Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura
  •   Resultados, nosso compromisso

Relatório técnico com a avaliação dos artigos e matérias produzidos sobre agricultura nos jornais de grande circulação

por Marilia Moura Stabile; IICA, Brasília, D.F. (Brasil);
do MAPA / SPRC Desenvolvimento Agropecuário - Regionalização das Políticas de Desenvolvimento do Agronegócio e do Cooperativismo Brasileiros 115271
.
Tipo de material: materialTypeLabelLivroLugar de publicação: Brasil: IICA, 2016Resumo: Resumo do produto: s jornais de grande circulação, também denominados de expressão nacional por serem influenciadores e reproduzidos regionalmente, são os principais produtores de pautas sobre o segmento de agronegócios. Naturalmente, apresentam-se como o palco prioritário dos formadores de opinião, onde as lideranças setoriais e regionais apontam suas principais demandas. Portanto, Valor, Folha de S.Paulo,O Estado de S.Paulo,O Globo e, em menor medida, Correio Braziliense determinam a percepção de toda a mídia em relação ao segmento. A presença de pautas setoriais e a participação do MAPA estão relacionadas ao espaço de cobertura dado por cada veículo.O Valor Econômico domina com 30% do total da cobertura, referente à seção diária de Agronegócios, editada de forma cativa na contracapa do caderno de Empresas. Em segundo lugar aparece a Folha de S.Paulo, impulsionada principalmente pela coluna Vaivém das Commodities, assinada pelo jornalista Mauro Zafalon? Qual é o objetivo primário do Produto? Identificação de espaços ocupados pelo MAPA na imprensa e entre formadores de opinião para a sugestão de tendências e novas oportunidades de ações de comunicação para ampliar o apoio da sociedade à iniciativa de inclusão do pequeno produtor em atividade sócio e economicamente sustentável? Que problemas o Produto deve resolver? Apoiar o planejamento estratégico da área de comunicação, bem como de ações dirigidas da comunicação – alinhadas aos objetivos do MAPa? Como se logrou resolver os problemas e atingir os objetivos? Aplicou-se metodologia de análise de imagem e reputação, com monitoramento e coleta diária de informações, com a devida classificação dos conteúdos – para adequada avaliação do impacto da informação nos públicos em geral e públicos estratégicos? Quais resultados mais relevantes? Concluiu-se que há a preservação da imagem do setor e do MAPA como atividade de sustentação da economia brasileira, bem como há excelência da qualidade de gestão da instituição pública junto à imprensa e formadores de opinião. Observou-se a influência predominante da internet como difusora principal dos conteúdos, também associada aos principais veículos impressos formadores de opinião nacional. Adicionalmente, sublinhou-se a necessidade de reforço na comunicação com o público em geral, ampliando a necessidade do fluxo dos conteúdos relativos à área de abastecimento? O que se deve fazer com o Produto para potencializar o seu uso? Aplicação das recomendações sugeridas e constante monitoramento e avaliação de resultados para criação de rotina na comunicação e cultura na sociedade de que o MAPA se ocupa da cadeia socioeconômica determinada: o produtor ao consumidor.Assunto(s): GESTÃO DO CONHECIMENTO | MÍDIA DIVULGAÇÃO NOTÍCIA
Tipo de material Localização Coleção Número de chamada Status Data de devolução Código de barras
Documento impreso Documento impreso Colección IICA Disponível CDBR000000002011

Relatório

Resumo do produto: s jornais de grande circulação, também denominados de expressão nacional por serem influenciadores e reproduzidos regionalmente, são os principais produtores de pautas sobre o segmento de agronegócios. Naturalmente, apresentam-se como o palco prioritário dos formadores de opinião, onde as lideranças setoriais e regionais apontam suas principais demandas. Portanto, Valor, Folha de S.Paulo,O Estado de S.Paulo,O Globo e, em menor medida, Correio Braziliense determinam a percepção de toda a mídia em relação ao segmento. A presença de pautas setoriais e a participação do MAPA estão relacionadas ao espaço de cobertura dado por cada veículo.O Valor Econômico domina com 30% do total da cobertura, referente à seção diária de Agronegócios, editada de forma cativa na contracapa do caderno de Empresas. Em segundo lugar aparece a Folha de S.Paulo, impulsionada principalmente pela coluna Vaivém das Commodities, assinada pelo jornalista Mauro Zafalon? Qual é o objetivo primário do Produto? Identificação de espaços ocupados pelo MAPA na imprensa e entre formadores de opinião para a sugestão de tendências e novas oportunidades de ações de comunicação para ampliar o apoio da sociedade à iniciativa de inclusão do pequeno produtor em atividade sócio e economicamente sustentável? Que problemas o Produto deve resolver? Apoiar o planejamento estratégico da área de comunicação, bem como de ações dirigidas da comunicação – alinhadas aos objetivos do MAPa? Como se logrou resolver os problemas e atingir os objetivos? Aplicou-se metodologia de análise de imagem e reputação, com monitoramento e coleta diária de informações, com a devida classificação dos conteúdos – para adequada avaliação do impacto da informação nos públicos em geral e públicos estratégicos? Quais resultados mais relevantes? Concluiu-se que há a preservação da imagem do setor e do MAPA como atividade de sustentação da economia brasileira, bem como há excelência da qualidade de gestão da instituição pública junto à imprensa e formadores de opinião. Observou-se a influência predominante da internet como difusora principal dos conteúdos, também associada aos principais veículos impressos formadores de opinião nacional. Adicionalmente, sublinhou-se a necessidade de reforço na comunicação com o público em geral, ampliando a necessidade do fluxo dos conteúdos relativos à área de abastecimento? O que se deve fazer com o Produto para potencializar o seu uso? Aplicação das recomendações sugeridas e constante monitoramento e avaliação de resultados para criação de rotina na comunicação e cultura na sociedade de que o MAPA se ocupa da cadeia socioeconômica determinada: o produtor ao consumidor.

Não há comentários para este material.

Acesse sua conta para postar um comentário.