Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura | Resultados, nuestro compromiso

  •     Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura
  •   Resultados, nosso compromisso

Impactos econômicos potenciais do protocolo de Nagoya no Brasil

por Joaquim Bento De Souza Ferreira Filho; IICA, Brasília, D.F. (Brasil);
do MAPA / SPRC Desenvolvimento Agropecuário - Regionalização das Políticas de Desenvolvimento do Agronegócio e do Cooperativismo Brasileiros 115027
.
Tipo de material: materialTypeLabelLivroLugar de publicação: Brasil: IICA, 2015Resumo: Este trabalho analisa a Matriz de Impactos do Protocolo de Nagoya, com vistas à identificação dos impactos possíveis de serem quantificados através de uma análise com a utilização de um modelo computável de equilíbrio geral (CEG) da economia brasileira. No que se segue os diversos itens da Matriz de Impactos serão analisados, e as potenciais formas de tradução dos impactos através de variáveis econômicas analisadas. Esta análise norteará as etapas subsequentes deste estudo, que envolverão entrevistas com atores econômicos relevantes, com vistas a uma melhor definição dos impactos potenciais? A avaliação de impactos econômicos de políticas originalmente de natureza não econômicas, como é o caso de protocolos internacionais, requer a tradução destes novos mecanismos em termos de fenômenos passíveis de serem abordados através de modelos econômicos. Ou seja, os fenômenos sob análise devem ser convertidos em variáveis econômicas, como preços, custos, restrições ao comércio, barreiras comerciais, etc.Assunto(s): ASSUNTOS EMERGENTES | PROTOCOLO DE NAGOYA | IMPACTO NA ECONOMIA | MODELAGEM QUANTITATIVA
Tipo de material Localização Coleção Número de chamada Status Data de devolução Código de barras
Documento impreso Documento impreso Colección IICA Disponível CDBR000000000997

Relatório

Este trabalho analisa a Matriz de Impactos do Protocolo de Nagoya, com vistas à identificação dos impactos possíveis de serem quantificados através de uma análise com a utilização de um modelo computável de equilíbrio geral (CEG) da economia brasileira. No que se segue os diversos itens da Matriz de Impactos serão analisados, e as potenciais formas de tradução dos impactos através de variáveis econômicas analisadas. Esta análise norteará as etapas subsequentes deste estudo, que envolverão entrevistas com atores econômicos relevantes, com vistas a uma melhor definição dos impactos potenciais? A avaliação de impactos econômicos de políticas originalmente de natureza não econômicas, como é o caso de protocolos internacionais, requer a tradução destes novos mecanismos em termos de fenômenos passíveis de serem abordados através de modelos econômicos. Ou seja, os fenômenos sob análise devem ser convertidos em variáveis econômicas, como preços, custos, restrições ao comércio, barreiras comerciais, etc.

Não há comentários para este material.

Acesse sua conta para postar um comentário.