Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura | Resultados, nuestro compromiso

  •     Inter-American Institute for Cooperation
       on Agriculture
  •   Agriculture: A priority for sustainable
      development in the Americas
Normal view MARC view ISBD view

Os Assentamentos Rurais no Estado de Mato Grosso

by Ana Luisa Araujo De Oliveira; Sonia M. P. P. Bergamasco; IICA, Brasília, D.F. (Brasil);
from the Nova Ruralidade Brasileira: Compreensões e Implicações na Política Pública – NEAD/MDA
.
Material type: materialTypeLabelBookPublisher: Brasil: IICA, 2014Summary: O processo de colonização do Estado de Mato Grosso foi fortalecido, principalmente, pelas políticas de integração nacional do Regime Militar, as quais objetivavam incorporar os grandes vazios demográficos ao processo produtivo brasileiro, expandindo a fronteira agrícola nacional. Para tanto, o governo federal criou diversos programas que visavam estimular o desenvolvimento da região, viabilizando a entrada do grande capital e mantendo grandes propriedades nas áreas de agropecuária, promovendo um modelo de desenvolvimento que excluiu o agricultor familiar. Entretanto, apesar da presença marcante de grandes latifúndios e uma agricultura altamente modernizada e produtiva, o Estado de Mato Grosso também é cenário de programas de reforma agrária. Diante disso, este trabalho tem por objetivo apresentar um balanço dos assentamentos rurais do Estado de Mato Grosso, a partir de dados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Como resultado, constatou-se que o primeiro assentamento do Estado surgiu em 1979, em terras devolutas, em função de uma parceria entre o Incra e a iniciativa privada, com o desenvolvimento de um modelo de colonização pública: PAC (Projeto de Assentamento Conjunto). Porém, foi somente em 1986 que ocorreu a primeira desapropriação de terras para fins de reforma agrária no Estado do Mato Grosso. Desde então, pode-se afirmar que houve um avanço, visto que até 2011 haviam sido implantados 539 projetos de assentamentos rurais, dos quais 391 foram feitos pelo governo federal (Incra), 127 pelo governo estadual (Intermat), 16 por iniciativas municipais e 05 projetos são denominados pelo Incra como glebas. Ao todo, foram assentadas 83.791 famílias numa área de 60.699,484364 km2, correspondente a 6,72% da área total do Estado de Mato Grosso.Subject(s): COMUNIDADES RURAIS | COLONIZAÇÃO | REFORMA AGRÁRIA | ASSENTAMENTOS RURAIS | CO | MT
Item type Location Collection Call number Status Date due Barcode
Documento impreso Documento impreso Colección IICA Available CDBR000000000264

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.