Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura | Resultados, nuestro compromiso

  •     Inter-American Institute for Cooperation
       on Agriculture
  •   Agriculture: A priority for sustainable
      development in the Americas
Normal view MARC view ISBD view

Análises dos modelos de articulação da agricultura familiar ao longo das duas cadeias produtivas consideradas nesta proposta técnica, identificação daqueles que permitam maior agregação de valor pela agricultura familiar e sugestões que subsidiem a elabo

by Sandra Lúcia Pinheiro Fraga; IICA, Brasília, D.F. (Brasil);
from the BNB - Espaços Subrregionais - Desenvolvimento de ações para o fortalecimento da participação do Banco do Nordeste nos espaços sub-regionais na área de sua atuação legal 113135
.
Material type: materialTypeLabelBookPublisher: Brasil: IICA, 2014Summary: O tema da agricultura familiar nos últimos anos tem tido lugar de destaque nas discussões que tratam de temáticas relevantes no cotidiano do Brasil. Mais que isto, a agricultura familiar tornou-se um ator social preponderante na constituição de um modelo de desenvolvimento colocado, em diversos momentos, como uma contra ordem na cultura rural brasileira? De acordo com o relatório file:///C:/Users/claudio/AppData/Local/Temp/Temp1_produto_carta%20e%20recibo.zip/P4_Sandra_PT%20167.docx#_ftn1 [1] Perspectivas da Agricultura e do Desenvolvimento Rural nas Américas 2014: ma visão para a América Latina e Caribe, a agricultura familiar encontra-se como uma das atividades geradoras de maior número de empregos agrícolas na América Latina e Caribe. No que diz respeito à América do Sul, o referido relatório mostra que no Brasil a participação de atividades oriundas da agricultura familiar está em torno de 77%, já na Argentina fica em aproximadamente 53%? Ainda de acordo com o relatório, quando se trata da América Central a agricultura familiar desponta com resultados significativos, representando mais de 50% dos empregos no setor agrícola em todos os países, com exceção da Costa Rica com algo em torno de 36%. Quando se avalia os resultados no Panamá e em Honduras os resultados são respectivamente 71% e 77%? Conforme o censo agropecuário de 2006, no Ceará o número de pessoas ocupadas na agricultura familiar representava 84,6% da mão de obra total da agropecuária do estado, representando um contingente de 969.001 pessoas? Por outro lado, verifica-se que, enquanto a agricultura patronal tem maior presença em culturas que exigem industrialização para chegar ao consumo, como soja, café e cana de açúcar, a agricultura familiar se concentra nas culturas cujos produtos estão mais próximos do consumidor, no sentido de que exigem uma menor transformação para chegar a ele (Guilhoto, 2007), e mesmo assim, quando há transformação, o agricultor familiar acaba atrelado ao setor patronal, mais aparelhado para efetuar essas etapas? Dessa forma, apesar de vários estudos de cadeias produtivas terem sido realizados com foco nas relações de mercado entre os diversos elos dessas cadeias, faz-se importante, nas cadeias em foco, estudar a forma de participação da agricultura familiar na geração do produto e as formas de atuação do setor público na potencialização da agregação de valor por esse segmento. file:///C:/Users/claudio/AppData/Local/Temp/Temp1_produto_carta%20e%20recibo.zip/P4_Sandra_PT%20167.docx#_ftnref1 [1]  Documento lançado durante o Encontro de Ministros da Agricultura das Américas em Buenos Aires, Argentina, e produzido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe -CEPAL, pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura FAO e pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a AgriculturaSubject(s): PRODUTIVIDADE E SUSTENTABILIDADE DA AGRICULTURA FAMILIAR | NE
Item type Location Collection Call number Status Date due Barcode
Documento impreso Documento impreso Colección IICA Available CDBR000000000105

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.